Como aumentar as chances de receber o auxílio-doença do INSS

Como aumentar as chances de receber o auxílio-doença do INSS

Se você se enquadra entre os segurados do INSS que recebem auxílio-doença, fique atento a algumas dicas que vamos lhe passar. Você precisa estar ciente de que hoje o INSS está muito mais rigoroso na concessão de benefícios e na continuidade do pagamento dos mesmos. Isso quer dizer que contar com algum benefício por incapacidade atualmente não significa a continuidade do recebimento. Sendo assim, vamos explicar nessa matéria o que você deve fazer para contar com as melhores chances de continuar recebendo seu benefício.

O objetivo não é lhe causar pânico ou preocupação à toa, mas, sim, alertar sobre algo importante. A verdade é que cada vez mais o INSS tem realizado os mutirões de pente fino para analisar a atual condição de seus segurados por incapacidade e assim determinar se continuarão ou não recebendo seus benefícios. Para se ter uma ideia, recentemente o Governo convocou para perícia cerca de 1,5 milhão de beneficiários em todo País, entre aqueles que recebem auxílio doença e também aposentados por invalidez.

É fato que agora o INSS realiza uma conferência ainda maior sobre a situação de seus beneficiários. Avalia-se se eles têm condições de voltar ao trabalho ou não e, para isso, pelo menos a cada dois anos são chamados para avaliação da junta. O objetivo maior, no entanto, é trazer economias para os cofres públicos diminuindo, assim, o número de benefícios em todo Brasil.

Portanto, ao passar pelo pente fino do INSS o segurado será rigorosamente avaliado por médicos quanto à condição limitadora que o afastou do trabalho. Para isso, passará por uma avaliação presencial, quando deverá responder a uma série de perguntas sobre sua saúde e, possivelmente, tendo que passar por alguma avaliação física ou motora conduzida pelo perito do INSS.

O que o segurado deve apresentar no momento da perícia?

Contará muitos pontos a favor do segurado ter em mãos exames atualizados, acompanhamentos de laudos e pareceres médicos que atestem sua limitação de saúde. Além disso, é importante apresentar à perícia inclusive o receituário com a prescrição dos medicamentos, ou seja, a própria receita apresentada à farmácia para compra de remédios.

É importante ter em mente que quanto mais provas o segurado conseguir reunir para comprovar sua condição de saúde, melhor será. Por isso, mesmo que conte com recebimento de auxílio por incapacidade, não se deve deixar para voltar ao médico somente no caso do INSS convocar para uma nova perícia. Ter regularidade nas consultas de rotina é essencial e a cada uma delas é importante solicitar atualização dos pareceres, mesmo que o quadro de saúde continue sendo exatamente o mesmo, pois a atualização de data comprova a permanência do problema.

O ideal é que o médico com o qual o segurado faz seu acompanhamento de saúde possa atestar o problema apresentado em laudos ou atestados que contenham as seguintes informações:

  • Quando a doença começou
  • Qual o tratamento indicado
  • Quais as incapacidades que tal doença repercute para o trabalho
  • Classificar a doença de acordo com a Classificação Internacional de Doenças (CID), adotada pelo INSS

Segurado pode contar com a presença de um médico para lhe auxiliar na perícia

O advogado previdenciário Dan Maruani explica que outra alternativa que pode favorecer o beneficiário na comprovação de sua incapacidade de retorno ao trabalho pode ser a participação de um assistente durante a perícia. “Muitos segurados não sabem, mas é possível contratar seu médico particular ou outro profissional da área da saúde para participar da perícia do INSS na condição de assistente técnico”, esclarece o advogado.

A vantagem de contar com um médico para acompanhar o segurado durante a perícia está no fato do profissional poder chamar a atenção do perito do INSS para situações específicas, caso estas não sejam analisadas em seu atendimento. Há muitos profissionais que trabalham como assistentes técnicos para acompanhamento na perícia do INSS e os segurados podem encontrar por esses serviços em pesquisas na internet ou por indicação de conhecidos.

Ainda com dúvidas? Assista o vídeo sobre Benefício do INSS por Incapacidade, nossos especialistas explicam tudo sobre como conseguir o benefício!

Deixe seu comentário